25 de mai de 2009

Enquete - Você leciona em...

A enquete para estabelecer o perfil do leitor do blog também já está encerrada, agradeço a todos os que participaram. Os resultados foram os seguintes:

29% primeira a quarta séries (39 votos)

29% área de humanas (39 votos)

14% curso de idiomas (19 votos)

9% área de exatas (13 votos)

9% outros (12 votos)

6% área de biológicas (9 votos)

Fico contente por terem sido registrados votos em todas as áreas porque isso mostra que todos os professores de modo geral, independente de sua área de atuação, está procurando sempre novos recursos para ajudar seus alunos e tornar seu aprendizado mais rápido e eficiente.

Lembro a todos que o formulário de encomenda de dinâmicas já está a disposição de todos no rodapé do blog, logo após o formulário de pesquisa do professor.


assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

Enquete - O que você faz para os alunos fixarem o que aprenderam?

A enquete está encerrada, teve muitos votos e agradeço a todos os que se dispuseram a deixar registrada sua resposta. O resultado da votação foi o seguinte:

Dou lição de casa. - 22 votos (32%)

Mando escreverem sobre o assunto. - 9 votos (13%)

Mando estudar e na próxima aula dou prova. - 2 votos (2%)

Preparo uma dinâmica ou jogo. - 43 votos (63%)

Procuro uma música com o vocabulário ensinado. - 17 votos (25%)

Peço a um aluno para se preparar e explicar na próxima aula. - 8 votos (11%)

Portanto a maioria (mais da metade dos participantes - 63%) prepara dinâmicas e jogos, o que eu já comprovei na prática que é uma excelente forma de praticar, e também a favorita dos alunos.

Como nem sempre dá para fazer isso (ou só isso), em segundo lugar está a lição de casa, que é obrigatória na escola onde dou aulas, e para cada lição há uma tarefa que deve ser entregue no prazo máximo de uma semana, ou o aluno não poderá fazer a prova. Considero a tarefa um ponto fundamental na memorização e no aprendizado. O aluno necessita desse momento sem a assistência do professor e a interferência dos outros alunos para uma reflexão mais profunda a respeito da matéria e uma avaliação mais objetiva a respeito do que aprendeu e quanto aprendeu.

Logo em seguida vem a música, que os alunos também adoram. Infelizmente nem sempre encontramos uma música que trabalhe exatamente o que acabamos de ensinar, mas estou preparando um blog para catalogar músicas e os tópicos que podem ser trabalhados com elas. Ainda está em "fase experimental" mas em breve estará com bastante material e será mais uma fonte de pesquisa para os professores que têm "alunos musicais".

Eu também adoro dar música para meus alunos, mas não apenas para recreação, uma vez que acredito que tudo o que se faz em sala de aula deve ter um objetivo claro e específico. Podemos dar música ou filme (que esqueci de mencionar na pesquisa, mas que também são uma fonte maravilhosa e que os alunos costumam apreciar muito) e também está entre meus projetos para esse ano um blog com cenas de filmes já cortadas para trabalhar diversos assuntos de gramática e vocabulário. Ainda estou catalogando mas deve sair no segundo semestre, logo após as férias de julho.

Pedir uma dissertação sobre o assunto só é válido para alunos de segundo grau (vão precisar desenvolver o talento para escrever para fazerem a famosa redação do vestibular) e com certeza nos dará uma idéia bem clara sobre quanto aprenderam e também uma noção dos pontos que não foram bem absorvidos - e que poderão ser reforçados posteriormente.

Pedir que os alunos expliquem na próxima aula também é muito bom porque ensinando se aprende em dobro (nós professores sabemos disso) e um aluno terá sempre um vocabulário e uma forma de expressão bem mais próximos dos outros alunos que nós professores, por mais que nos coloquemos em seu lugar na hora de preparar nossa aula. Portanto esse método não deve ser esquecido.

Mandar estudar e dar prova na aula seguinte pode até ter seu valor, aprenderão sob pressão, mas não é um método que deva ser usado com muita frequencia porque estressa os alunos e sobrecarrega o professor, que fica com um monte de provas para corrigir.

Imagino que a forma perfeita de consolidar o aprendizado seria usar de cada um desses recursos de acordo com o estágio e faixa etária dos alunos e o tipo de matéria estudada. Inclusive acho que mesmo usando-se as formas "tradicionais" o jogo sempre poderia vir em um momento posterior, por mais simples e rápido que fosse. Eu tenho conseguido bons resultados com classes que precisam aprender grande volume de matéria, ou que tenham um livro com muita matéria considerada "difícil" utilizando uma forma mais tradicional de fixação logo após terminar a lição e uma ou duas semanas depois usando um jogo da memória, tabuleiro, dinâmica ou música.

Fica aqui a sugestão, e espero contar com a colaboração de todos nas próximas enquetes.


assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

24 de mai de 2009

Formulário para pedido de dinâmicas

Lá no rodapé do blog, logo abaixo do "formulário para professores", adicionei um formulário para pedido de dinâmicas.

Peço a todos que antes de enviar o pedido leiam atentamente as instruções, todas as dinâmicas solicitadas serão publicadas no blog, portanto verifique antes se já não existe uma dinâmica adequada ao seu caso antes de pedir. Além de dinâmicas preparo também palavras cruzadas, caça-palavras e jogos de tabuleiro, em português, inglês ou espanhol, desde que me enviem as palavras-chave que constarão do jogo pelo formulário.

No caso de assuntos fora do currículo escolar (direito penal, técnicas de venda, psicologia, etc...) por favor enviem informação sobre o assunto, que pode ser uma apostila enviada em separado para meu email zaildamendes@gmail.com ou envie o link através do "formulário de contato" que também está no final do blog.

Não se esqueça de informar seu nome e endereço de email para que eu possa avisar quando a dinâmica for publicada.

Atente quanto ao prazo, eu não me comprometo a enviar uma dinâmica antes de uma semana, recebo vários pedidos e tento atender a todos o mais cedo possível, portanto não peça na véspera.

Perca um pouco de seu tempo e responda também ao "Formulário para professores" para que eu conheça um pouco melhor os leitores do blog e possa atender sempre da melhor forma.

Conto com a compreensão e colaboração de todos.

Um abraço

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

8 de mai de 2009

Telling a story / Contando uma história

Eu uso essa brincadeira nas classes de inglês intermediário, para trabalhar a parte escrita ou oral, dependendo da forma como a brincadeira é conduzida.

Trabalhando a parte oral:

Explico aos alunos que terão que contar uma história baseados num determinado vocabulário que passo a eles. Se for muito extenso ou difícil, passo alguma atividade de fixação antes, em grupo para poupar tempo.

Em seguida, escolho um aluno que começa contando uma história. O importante é que ele tem que inserir pelo menos uma das palavras novas. Quando ele consegue inserir a palavra, aponto outro aluno, que continua de onde ele parou. O próximo aluno também tem que inserir uma palavra nova, diferente da que o outro usou. À medida em que vou chamando os alunos, vou riscando as palavras que já foram usadas.

A história vai ficando mais e mais engraçada, à medida em que vou apontando os alunos e ela vai se desenvolvendo. Damos muitas risadas e o vocabulário é usado até esgotar todas as palavras.

Trabalhando a escrita

Nesse caso, entrego a cada aluno uma lista do vocabulário com as definições e dou a eles 5 minutos para analisarem a lista. Depois coloco-os em círculo e dou uma folha em branco para cada um. Em 5 minutos cada um tem que escrever um parágrafo de uma história, usando pelo menos 3 das palavras novas.

Conto 5 minutos e todos passam a folha para o aluno que está à sua direita. Cada um tem que ler e continuar a história que está iniciada, usando em seu parágrafo outras 3 palavras da lista. Em mais 5 minutos peço para passarem ao aluno da direita novamente e a brincadeira prossegue, até terminarem as palavras da lista.

Aí eu peço que passem ao aluno da direita mais uma vez e corrijam a história que está em suas mãos. Depois passam mais uma vez ao aluno da direita e eu peço a alguns alunos que leiam a história que está em suas mãos.

assinatura

Gostou do blog? Recomende e volte sempre!
Contato

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...